LUN 28 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 21:38hs.
Protocolo restrito

Província argentina de Misiones habilita reabertura de cassinos

O Instituto Provincial de Loterías y Casinos (IPLyC) de Misiones, na Argentina, ordenou por resolução levantar a proibição de funcionamento para os cassinos e salas de jogos na província. Conforme estabelecido, o funcionamento das mesas de jogo será proibido, sendo permitida apenas a utilização de caça-níqueis com protocolo restritivo. A capital, Posadas, já definiu dias e horário, bem como o protocolo para poder operar.

A resolução 199 da autarquia local prevê o levantamento da proibição desde ontem, segunda-feira, 14 de setembro, embora seja cada município que decidirá como a atividade vai ser implementada na sua localidade (dias e horários habilitados).

No artigo 2º do instrumento legal, o IPLyC estabelecia especificamente que “o levantamento proposto não inclui mesas de jogo” como roleta, dados, cartas, entre outras.

Os participantes deverão usar máscara, ter uma distância mínima de 2 metros entre as pessoas dentro das instalações e evitar aglomeração.

No caso de Posadas, a Câmara Municipal já estabeleceu que os quartos podem ser ocupados até 50% da sua capacidade e nos seguintes horários: 11h00 às 19h00 (segunda a quinta-feira) e das 11h00 às 00h00 (sexta-feira a domingo). Deverá ter uma programação especial para pessoas do grupo de risco.

No caso das mesas dos restaurantes nos quartos, a comuna capital estabeleceu que não podem ter mais de cinco pessoas por mesa.

No protocolo sanitário estabelecido pelos Ministérios da Saúde, Governo e Trabalho de Misiones, foram estabelecidas diretrizes para os trabalhadores e proprietários das salas de jogos. Por exemplo, é necessária uma "ventilação correta", "retirar móveis do ambiente que não estejam diretamente relacionados ao jogo"; “Não é permitido o uso de celular nas salas ou áreas de trabalho dos funcionários”; a utilização de “uniformes e calçados exclusivamente para tarefas de trabalho com desinfecção adequada e permanente”; possuir “estações sanitárias” com álcool em gel: limpeza constante de máquinas, mesas e todos os itens utilizados pelos clientes em períodos não superiores a 30 minutos; a abertura das instalações uma hora antes para limpeza e desinfecção prévia; entre outras.

Fonte: GMB / Primera Edición (Misiones)