VIE 27 DE NOVIEMBRE DE 2020 - 15:29hs.
Por enquanto participará só de partidas da FIFA

O ‘Kun’ Agüero se alia ao Eleven Talent Group para criar equipes de eSports

A estrela do Manchester City, Sergio Leonel Agüero, montou uma sociedade para criar e gerenciar times de eSports, assim como muitos outros futebolistas fizeram recentemente, e já está em processo de contratação de jogadores. O atacante se aliou ao Eleven Talent Group, sua empresa de representação, para este projeto e criou a Slak eSports Europe (Sergio Leonel Agüero Kun). Por enquanto, participará apenas das partidas da FIFA, o videogame de futebol da EA Sports.

É tanta a sua paixão que o craque resolveu montar seu próprio time para participar dos diversos torneios organizados. No momento, a ideia de Agüero é participar apenas de jogos da FIFA, videogame de futebol da EA Sports que já organiza campeonatos de grande relevância. O atacante está à procura de jogadores e, embora normalmente seja ele quem está nas manchetes de possíveis contratações, por um tempo será o próprio Agüero que decidirá quem incorporar a sua equipe.

A equipe se chamará Slak. Um nome muito especial para o argentino, pois corresponde às iniciais de seu nome: Sergio Lionel Agüero Kun. Além disso, o apelido de Slak é o que ele usa em sua conta no Twitch, a plataforma em que todos os streamers e usuários podem transmitir ao vivo suas diferentes partidas de videogame, seja com a FIFA ou com outros atualmente em voga, como Between Us. ou Fall Guys.

A sede da Slak está instalada em Barcelona, ​​que partilha a sua sede social com a divisão europeia do Eleven Talent Group, a agência de representação que tem protegido a sua carreira profissional desde os quatorze anos. À frente da empresa como administrador está Jordi Sallés, que no início de 2019 assumiu a gestão deste escritório, após 25 anos como vice-presidente de finanças das divisões de tênis e futebol da IMG.

A constituição desta empresa ocorre apenas um mês após a criação da Slak Esports SRL na capital argentina, com um investimento inicial de 100.000 dólares (85.824 euros) e dirigida por Gerardo Fadanelli, diretor da Eleven na região das Américas.

Kun é um grande amante de videogames. Durante o intervalo, ele enfrentou outros jogadores de futebol como Marco Asensio e Courtois em várias ocasiões e se tornou viral na plataforma Twitch, onde agora tem 2,3 milhões de seguidores.

O canal de Kun foi o segundo que mais cresceu em espanhol e se tornou viral em jogos como Fall Guys: Ultimate Knockout, Fifa, GTA, Counter Strike, Valorant, Fortnite, Rocket League. Na verdade, ele foi nomeado por vários especialistas do setor como o melhor streamer da temporada. Há apenas cinco dias, Ibai Llanos, comentarista de mídia para eSports e atual criador de conteúdo do G2 Esports, organizou um torneio para fãs que contou com a presença de inúmeras personalidades, incluindo Kun Agüero, que alcançou o top 5 da competição.

A história dos jogadores de futebol com os eSports é antiga. O primeiro a entrar neste setor foi Gerard Piqué há três anos. O jogador do Barça agora possui sua liga Pro Evolution Soccer, PES eFootball.Pro e tem uma firma organizadora de torneios chamada eSports Media Rights. Mais tarde, outros jogadores aderiram a essa tendência. Na verdade, a companhia Guild eSports, de David Beckham, planeja entrar no mercado de ações com o objetivo de arrecadar 20 milhões de libras.

Mas eles não são os únicos que tiveram sucesso no mundo dos eSports. Há algumas semanas, o jogador do Real Madrid, Carlos Henrique Casimiro, fundou a Casemiro Sports Brasil para lançar sua própria empresa de esportes eletrônicos. Antoine Griezmann tem sua equipe profissional, a Grizi Esports, assim como Gareth Bale, que fundou a Elleven Esports para se dedicar à Fifa. Álvaro Morata, Dani Parejo e Álex Abrines criaram o Ramboot Club e Thibaut Courtouis e Borja Iglesias, o DUX Gaming.

Além disso, Zlatan Ibrahimovic é dono da plataforma Challengermode, que organiza torneios eletrônicos e assinou pela equipe League of Legends G2 eSports (da qual André Gomes é investidor) e Sergio Reguilón é sócio acionista da Team Heretics. Da mesma forma, o ex-jogador Ronaldinho é dono da liga PES, eLiga Sul, Ronaldo Nazário detém 50% da CNB eSports e David Villa criou o DV7 E-Soccer.

Fonte: GMB