SÁB 15 DE DEZEMBRO DE 2018 - 08:21hs.
Craque do PSG fez full house

Neymar brilha e avança ao Dia Final do High Roller no BSOP São Paulo

Aproveitando os momentos finais das férias antes de retornar ao PSG, Neymar aproveitou esta segunda-feira (23) para se divertir em um outro esporte: o poker. Neymar brilhou como esperavam que ele fizesse na Rússia e chegou ao Dia Final de um dos torneios de nível mais alto do Brazilian Series of Poker, o High Roller. O craque estava acompanhado de alguns amigos (os chamados parças) e um segurança particular.

Um dos grandes destaques do penúltimo dia do BSOP São Paulo foi a presença do craque Neymar no High Roller. A estrela da Seleção Brasileira de Futebol mostrou que não veio para brincar, puxando um belo pote e acertando um A para completar seu full house.

O mês de julho não tem sido dos melhores para Neymar. Derrotado na Copa do Mundo com a Seleção Brasileira e vitima de ataques mundo afora por sua postura dentro e fora de campo, o jogador viveu os piores dias da carreira. Sentado à mesa jogando poker, porém, os problemas do astro parecem desaparecer.

Nesta madrugada de segunda para terça-feira, Neymar brilhou como esperavam que ele fizesse na Rússia e chegou à ao Dia Final de um dos torneios de nível mais alto do Brazilian Series of Poker, o High Roller. Restam 19 jogadores de um total de 288 inscritos. O campeão fica com R$ 341.050.

O atacante do Paris Saint Germain, que esteve no torneio acompanhado alguns amigos (os chamados parças) e um segurança particular, começou o dia tímido, aparentemente retraído, quase sem conversar com seus companheiros de mesa.

Amante da modalidade há alguns anos, o jogador já chegou a ser embaixador de uma das principais marcas de pôquer no mundo e não perdeu o gosto pelo jogo. Ele está participando do High Rollers (evento que conta com grandes nomes do cenário nacional da modalidade e possui um alto nível técnico) do BSOP São Paulo (Campeonato Brasileiro da modalidade).

Nesta terça-feira, Neymar volta à ação às 14h00, em busca da maior glória de sua carreira no poker. Se não deu para comemorar a Copa do Mundo, que pelo menos o craque fique com o BSOP.

Fonte: GMB / BSOP