TER 11 DE DEZEMBRO DE 2018 - 10:34hs.
André Akkari

Como o Brasil se tornou a maior potência do poker online mundial?

Um dos mais importantes nomes do poker no Brasil, André Akkari, abriu espaço em seu blog para comentar a última conquista brasileira no cenário mundial da modalidade, terminar pela primeira vez na liderança entre os países participantes do WCOOP, o principal torneio de poker online do mundo. No texto, o jogador celebra a conquista e explica os passos que levaram o país ao topo.

Confira o texto de André Akkari sobre o WCOOP:

E aí galera, como vocês estão?

Sumido demais daqui né? Pois é, a correria continua forte demais. Entre viagens para jogar e a Inagame minha vida esta uma doidera total. No final falo mais sobre meus projetos …

Agora vamos falar do que aconteceu no WCOOP com o Brasil!

Sim, o Brasil atualmente é o país com os melhores jogadores de poker online do mundo, esta definitivamente decretado! Não obviamente pq eu falei mas pq os números falam e são incontestáveis.

Tempos atrás, e não muitos meses, eu estive em Isle of Man, quartel general do PokerStars para uma reunião com os patrocinados. Foi irada a reunião, eles mostraram todos os planos para o futuro do site, tudo o que pensam em fazer e sobre o comando de David Carrion passei três dias muito legais por lá. Em uma destas reuniões, foi me apresentado já naquele momento que o Brasil tinha as melhores colocações no ranking mundial de vencedores no poker online. Isto não significa que todo mundo no Brasil ganhe, mas significa que no saldo inteiro dos países, quando você faz uma balança entre ganhadores x perdedores, o Brasil apresentava o melhor resultado.

Queria debater com vocês as razões que nos trouxeram até este ponto e também comemorar isto é claro.

Na minha opinião são duas as principais razões para o nosso país ter alcançado este posto.

A primeira é a quantidade de cursos e treinamentos de poker que foram criados no Brasil. Nesta mesma reunião tive a informação que através de pesquisa o QG Akkari Team foi e continua sendo a maior ativação de educação sobre poker no planeta, olha que tesão isto! Nós do QG conseguimos criar um curso para quem não tinha noção dos comandos necessários para se pensar poker, e isto gerou uma base gigantesca de candidatos a cursos e aprendizados mais fortes. Esta atividade começa com força em 2012 e até hoje continua construindo esta base. Nos EUA e na Europa ninguém fez isto até hoje. Sim, existem cursos de poker nestes lugares mas não cursos para formação de base. A grande maioria dos materiais foram criados para quem já tinha um certo conhecimento técnico e estudo em poker, o target destes cursos na grande maioria foram os “regs” de média de buy ins menores. Como no Brasil criamos esta base gigantesca, logo, o mercado percebeu que isto era uma oportunidade e quis competir, sendo assim outros cursos para formação de base vieram. Eu não acredito que nenhum tenha chego nem perto do QG mas aí que uma coisa mágica aconteceu. Nasceram muitos cursos mais avançados para a base formada e aí o país decolou …

Veio João Simão, Decano, Foster, 4Bet, todos eles com distribuição de conteúdos muito forte, separando aí a coisa um pouco entre Foster e Decano mais perto de conhecimentos mais populares, e Simão e 4 Bet com cursos mais aprofundados. Isto começou a gerar uma segunda base da pirâmide, uma base potente de pessoas que começaram a entender o jogo e de fato se tornarem lucrativas. Você pode perguntar, mas o QG não tornavam-as lucrativas? Sim, mas a base era muito grande, é muita gente, muitos desistem, outros jogam apenas nos finais de semana, outros somentes no BSOP’s, este tipo de base não consegue garantir lucratividade no poker, repito, podem ser lucrativos mas sem garantia que serão. Os “regulares”, jogadores que fazer do poker a sua profissão com volume x estudo, estes sim tem a garantia de lucratividade.

Cursos como o do 4Bet e do Simão, trouxeram conteúdos avançados a tona e aí o Brasil começou a formar esta segunda base da pirâmide tão grande derivada da primeira base ser enorme que mais cedo ou mais tarde a coisa iria explodir de verdade.

Fora isto, o alicerce continuou crescendo pois outros jogadores profissionais de menor expressão mas não de pior qualidade também criaram seus cursos, coachings em por aí vai. Em projetos mais esporádicos e não tão midiáticos caras como o Garrido que é um monstro na mesa começou a dar coaching, e poderia citar diversos outros, ou seja, a base não parava de crescer quase que os cursos avançados já nem davam mais conta quando aí sim veio o segundo fator que eu acho que nos trouxe a esta maravilhosa situação.

Os times de poker …

Nenhum lugar do mundo tem tantos times e com tantos talentos como no Brasil. Sim, existem times enormes pelo mundo, mas nenhum país singularmente possuí tanto empreendedorismo nesta área.

Os times olhando esta segunda base da pirâmide construída viram uma ultra oportunidade. Pessoas com conhecimento técnico que já poderiam ser lucrativas em alguns ABI’s mas que se lapidades poderia brilhar ainda mais. A mágica foi conectar caras como Krema, Will, Kelvin, Hugo Marcelo, Kovalski, Hélio Neves, entre tantos outros com estes regs de buy in menores, e todos eles com fome de jogo, fome de ensina-los para ganhar dinheiro com o investimento neles. É quase como se eles tivessem visto uma oportunidade de multiplicar um Rafa Gm Walter, aí a coisa ficou séria demais.

A quantidade de jogadores de alta qualidade tomando boas decisões todos os dias na internet sendo atreladas a times de poker brasileiro se tornou avassaladoura, uma verdadeira máquina de tomar grandes e lucrativas decisões.

Credito basicamente isto a duas atividades empreendedoras de maior expressão, o Samba e o 4Bet. Um comandado por Kelvin, Kova, Chevaud e Helio Neves e o outro comandado por Sketch, Will, Rafa e Krema, construíram verdadeiros impérios da expansão técnica no poker em altos valores de buy ins. Os caras montaram uma estrutura de treinamento, coaching e preparação técnica que pouquíssimas pessoas montaram ao redor do mundo e nenhuma delas concentradas com outros times em um só país. São milhares de jogadores, com dezenas de gerentes, técnicos, e por aí vai. Todos eles comandados por estes caras que são os maiores estudiosos do poker nacional, aí não tinha saída, a coisa tinha que explodir de verdade.

Novamente como aconteceram com os cursos de poker, outros também viram que alguns estavam ganhando muito dinheiro, detectaram a oportunidade e abriram mais times, a coisa criou um exponencial absurdo. Akkari Team, Steal, Full, e tantos outros times comandados por pessoas também de alta qualidade começaram a brigar por aquela segunda fatia da pirâmide que todos os meses cursos como o do QG e outros jogavam no mercado. A coisa ficou nervosa, virou quase uma grande bolsa de jogadores e o final da história vocês já sabem. Nenhum país no mundo bate o Brasil no poker online, ninguém conseguiu neste WCOOP chegar nem perto. Foram muitos títulos, milhões de dolares em premiações, incontáveis mesas finais e a coisa não para de crescer.

Não consigo imaginar esta máquina parando de funcionar tão cedo, o jogo esta gostoso para todo mundo. Nós do QG não paramos de crescer o alicerce da pirâmide, criamos um curso avançado para competir também na segunda faixa da pirâmide. os outros não param de evoluir, o Decano incansável, Foster, Raul e Chenaud lançando mais edições do Line Up, Simão e 4Bet com intenções de mais cursos eu acredito, os times explodindo, sem me exaltar muito mais o que o Samba fez neste WCOOP foi impressionante, portanto, serão na minha previsão longos anos de soberania.

Nós iremos agora voar mais alto ainda, vamos levar em um primeiro momento o curso profissional de poker, que é o nosso formador do alicerce, o básico/intermediário, para os EUA, vamos procurar explodir ainda mais o nosso conteúdo em novos países, no mês que vem relançamos ele aqui no Brasil, o que somente pelo número de e-mails promete ser o recordista de venda de todos os nossos cursos, isto aconteceu pois as pessoas estão vendo cada mais gente ganhar dinheiro investindo em conhecimento no poker, vale a pena estudar.

Se você dúvida, veja os números do WCOOP, veja os números dos eventos ao vivo no Brasil, o tamanho dos fields, ou melhor veja o número de jogadores em cada time de poker, procure seus ganhos no sharkscope e aí você vai entender a onda que esta passando nas nossas cabeças, cabe a você remar e surfar!

Estou agora no aeroporto de Viracopos embarcando para o Rio de Janeiro. Depois de muito tempo o poker volta para a cidade maravilhosa, desta vez chique viu, no Copacabana Palace com a WSOP. O bracelete eu já tenho em casa quem sabe não trago um anel agora para fazer companhia.

Venho de Boca Raton nos EUA onde montamos pela primeira vez na história um escritório de curso de poker brasileiro nos EUA. Estamos excitados demais com isto, além de poker vem o CSGO, LOL, DOTA, PUBG entre outros. A Inagame está voando alto e estou super feliz. Agora mais do que nunca minha vida ficará entre os dois países, 15 dias em cada um e nas competições, de verdade eu nunca estive tão feliz e comprometido!

Quero parabenizar a todos os jogadores brasileiros de poker, a todos os times, a todos os professores, nós, todos juntos, levamos o poker brasileiro ao mais alto posto, somos os maiores nas mesas online, nas salas de aula reais e virtuais, no empreendedorimos neste jogo. Conseguimos o que nenhum outro país conseguiu, agora é hora de explodir ainda mais!

Fica a minha lembrança aqui ao pessoal da mídia brasileira de poker, eles são parte integrante deste sucesso. Eles que empolgam jogadores, relatam conquistas, debatem caminhos, caras como o Sérgio Prado, Vitão, Vini Marques, Otranto, Zebra, Caio Mancha, Moraes, este pessoal fez da indústria do jogo em si um motivo de orgulho e entretenimento, eles ajudam demais a aumentar o interesse e o conhecimento em suas transmissões, artigos e notícias. Seria injusto não dividir este feito com estes caras.

Grande abraço galera e deixem seus comentários para debatermos sobre poker .. é um tesão fazer isto!

André Akkari

Fonte: GMB/ Blog do André Akkari