SEG 19 DE AGOSTO DE 2019 - 15:10hs.
Mercado em crescimento

Seis razões para o 'boom' do poker no Brasil

Há varios anos, o mercado brasileiro de poker se fortaleceu e mantém um crescimento sustentável. Para analisar esse fenômeno, inumeramos algumas razões que ajudaram a chegar nesse bom momento, são elas: a alta na taxa de população conectada a internet, profissionais brasileiros que se destacam mundialmente, o reconhecimento da atividade como esporte e a presença de personalidades locais.

O Brasil tem quase 120 milhões de brasileiros na internet, o que significa que mais da metade dos brasileiros estão utilizando a internet. Este é um dos maiores mercados consumidores do mundo, segundo dados obtidos em 2016, o Brasil está em nono lugar entre os mercados do mundo, sendo que os Estados Unidos são o maior e a União Europeia é o segundo maior, com China e Japão em terceiro e quarto lugar. Esses números provam que os brasileiros estão online e uma das atividades que eles mais realizam são os jogos online, com grande popularidade para o poker. Mas o que fez e faz o poker ser popular no Brasil? Veja abaixo 6 razões para o Boom do poker no Brasil: 

• Número de brasileiros que se destacam internacionalmente

Com os jogadores brasileiros ganhando popularidade no mercado internacional de poker, isso traz mais notoriedade para o esporte como também fãs. Dessa maneira, os brasileiros começam a se interessar pelo esporte, a entender sobre as regras do jogo, como também a jogar, seja de forma física com os amigos num sábado a noite, ou virtual, num domingo pela manhã no celular. Quanto mais brasileiros se destacam no mercado internacional, mais o poker se tonar popular também dentro do Brasil. Alguns desses nomes são: Felipe Mojave, Rafael Moraes, João Simão, André Akkari e Josias Santos.

• Empresas estrangeiras investem e faturam no Brasil com o poker online

Hoje, devido à legalização dos jogos onlines não ser clara, grande parte das empresas de jogos onlines são estrangeiras, vindas dos Estados Unidos e da União Europeia. Essas empresas apresentam um grande potencial econômico e podem investir no mercado brasileiro. Dessa maneira, os brasileiros são cada vez mais expostos aos produtos e aos serviços de poker online. Este é um acesso que só tende a aumentar com a entrada de mais e mais empresas neste segmento no Brasil. Essas empresas tem rendimentos milionários com o mercado brasileiro, os quais podem chegar a casa do bilhão entre 2020 e 2030.

• Reconhecimento do poker como esporte em outros países 

O poker também está cada vez mais sendo reconhecido como um esporte, o que tira qualquer estigma atrelado a ele. Dessa maneira, as pessoas são atraídas a aprenderem a jogá-lo. Desde 2010, em alguns países do mundo, tal como os Estados Unidos e a União Europeia, o poker é parte da modalidade de esportes da mente junto com o Xadrez, Gamão, Dama, Bridge e entre outros. Ou seja, a possibilidade de crescimento nos próximos 10 anos é enorme, já que mais e mais jovens são expostos a este esporte. Como o esporte, o poker se torna uma modalidade que pode receber patrocínios e investimentos como quaisquer outros, tanto de políticas públicas e governamentais como do mercado privado. No Brasil, está é uma questão ainda aberta, mas que está sendo discutida no Congresso Nacional.

• Personalidades como Neymar que trazem notoriedade ao esporte

Grandes nomes famosos do Brasil, tal como o Neymar deixam o poker bastante popular. Neymar sempre é visto jogando poker no seu tempo livre, até mesmo foi criticado por jogar poker online durante uma concentração, e afirmou que esse é um dos seus passatempos favoritos. Além disso, ele também é usado em campeonatos nacionais físicos para atrair imprensa. Em 2018, Neymar participiou, sem ser pago para isso, do circuito nacional de poker, o BSOP. Ele ficou em sexto lugar e faturou 80 mil reais.

• Criação de torneios brasileiros de poker

Desde 2012, o Brasil tem a Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH) a qual é afiliada a Associação Internacional de Espotes da Mente (ISMA) e reconhecida pelo Ministério do Esporte. Hoje há três torneios oficiais credenciados por esta confederação, entre eles: BSOP - Brazilian Series Of Poker, WSOP BR - World Series Of Poker - CIRCUIT BRAZIL e LAPT - Latin American Poker Tour. Esses torneios promovem o esporte e alimentam essa indústria dentro do Brasil e da América Latina. Os torneios também trazem uma grande profissionalização da categoria aumentando as ofertas de empregos e alimentando a indústria dos bastidores, com comentaristas e comunicadores especializados na categoria.

• Criação de escolas e cursos para aprender a jogar poker

Hoje em dia existem escolas de empreendedores que querem ensinar as melhores técnicas no poker com excelente estrutura de treinamento e de coaching. Essas escolas envolvem diversos profissionais, desde os professores, até os técnicos como também uma equipe de comunicação que está antenada com as principais notícias e informações da atividade. Os cursos ensinam: como ter um bom raciocínio para tomar decisões assertivas nas jogadas, como desenvolver o jogo de poker estrategicamente, como se tornar um jogador profissional, e como viver de poker.

Fonte: GMB / odiario.com