TER 23 DE ABRIL DE 2019 - 22:51hs.
Do online ao presencial

Campeonatos nacionais de Poker crescem e têm reconhecimento global

Ao longo das últimas décadas, o poker passou de um esporte considerado de nicho para uma das maiores modalidades nacionais. Do campeonato brasileiro até torneios online, as competições de poker realizadas no Brasil já são referência.

Para se ter uma ideia dos números que a competição alcança, basta mencionar que na sua décima edição o BSOP mais de 3.860 competidores participaram da sua etapa final, um recorde que o consolidou como o maior torneio de poker da América Latina e segundo maior torneio do globo.

O Brasileirão do poker
A Brazilian Series of Poker, mais conhecida pelo seu acrônimo BSOP, foi criada no início da segunda metade dos anos 2000. Desde essa época a competição conta com etapas que são realizadas ao longo do ano nos principais destinos turísticos do país. Hoje em dia cada uma dessas etapas atrai milhares de competidores profissionais e amadores, mas ela nem sempre foi tão grandiosa. A história do BSOP se confunde com o crescimento do poker no país e assim como ele, em suas primeiras edições ela contava com apenas algumas centenas de entusiastas.

A profissionalização do esporte, a explosão da sua versão online impulsionada pela modalidade Texas Hold’em e o trabalho de grandes competidores brasileiros como André Akkari, foram alguns dos principais responsáveis pela popularização do poker e do BSOP no país. Para se ter uma ideia dos números que a competição alcança, basta mencionar que na sua décima edição o BSOP mais de 3.860 competidores participaram da sua etapa final, um recorde que o consolidou como o maior torneio de poker da América Latina e segundo maior torneio do globo.

Circuito Catarinense de Poker é uma das maiores competições estaduais A Liga Catarinense de Poker (LCP) e o Campeonato Catarinense de Poker (CCP) são duas das maiores entidades do esporte no país e a série de torneios realizada por elas agrega inúmeros competidores do Estado e regiões próximas para diversas etapas com poker de alto nível.

No ano passado foram realizadas seis etapas ao longo do ano. As três primeiras foram separadas, mas a partir da metade da competição a LCP e a CCP uniram suas forças para a realização das outras que culminaram em uma grande final em Balneário Camboriú.

Na ocasião, o competidor Josiel da Cruz superou um enorme field com mais de 340 competidores e uma disputada mesa final com o Campeão Brasileiro de Poker Johnatan Oliveira, para se consagrar o grande vencedor do torneio.

O evento também serviu para revelar o nome do Campeão Catarinense de Poker. Após uma série de boas colocações ao longo da temporada, o título de enorme prestígio ficou com Bruno Braga. Além do troféu e da posição de destaque, o campeão oriundo da cidade de Tubarão (SC) também conquistou o direito a uma das vagas da seleção Catarinense de poker, o pacote completo para a etapa por equipes do BSOP e o buy-in para todas as próximas etapas do Campeonato Catarinense de 2019. A 1ª etapa da competição desse ano já ocorreu em Florianópolis e a segunda edição chegara à Chapecó será realizada entre os dias 21 e 24 de março. O evento será no Hotel Lang Palace, terá buy-in de 300 reais e contará com 100 mil reais em prêmios.

Fonte: GMB / O Municipío