MIÉ 30 DE SEPTIEMBRE DE 2020 - 12:08hs.
Faltam só detalhes técnicos

Betsson e Jockey Club do Rio Grande do Sul vão transmitir as corridas para o exterior

A diretoria do Jockey Club do Rio Grande do Sul tem trabalhado com muito afinco no sentido de que as corridas do Hipódro do Cristal possam ser transmitidas para fora do país através da casa de apostas Betsson. As tratativas estão bastante avançadas, estando o site avaliando as questões técnicas para arrecadação de apostas, captação e distribuição de imagens.

Para a transmissão de carreiras para fora do país, uma das exigências é de que os profissionais estejam trajados de acordo com os padrões dos hipódromos europeus e americanos.

Existe expectativa de que a reunião do Protetora do Turfe sirva como uma espécie de teste, lembrando que a medida tende a aumentar as receitas do clube, o que permitiria que a diretoria pudesse investir em mais páreos, ou aumento de prêmios.

O GP Protetora do Turfe é uma data especial para o JCRGS, com vários proprietários reforçando seus planteis e treinadores ajustando seus pupilos para as principais provas do festival. Neste ano, a disputa acontecerá no dia 11 de setembro.

O presidente do Jockey Club do Rio Grande do Sul, José Vecchio Filho, comentou com o GMB que “estamos ainda na articulação da viabilidade técnica que será resolvida nesta semana” e que nos próximos dias tudo deverá estar concretizado para que as provas ganhem transmissão internacional e possibilite ao JCRGS aumentar suas receitas, páreos e prêmios.

Fonte: GMB